terça-feira, 23 de outubro de 2012

Aprendendo com as decepções


Todos somos perfeitos, sem falhas sem defeitos, somos legais, somos engraçados, divertidos, tudo é perfeito até conviver uns com os outros e passar a perceber falhas e erros. Acreditamos no começo de uma amizade que nunca seremos decepcionados por fulano(a), somos iguais, temos ideias parecidas, objetivos idênticos etc.
Todos têm decepções, todos os dias têm motivo para se entristecer, se chatear.
Isso faz parte da vida; não vivemos em um mundo perfeito e, menos ainda, não somos perfeitos. Então não podemos esperar que as pessoas que estão conosco dia após dia sejam perfeitas.
É certo que teremos desapontamento a todo instante e faremos isso também com as pessoas, uns por querer, outros sem intenção de machucar, chatear ou ferir mas, com intenção ou sem ela todos decepcionaremos uns aos outros.
Não gosto de pensar assim mas isso é um fato que ninguém pode se esquivar, desde que não somos perfeitos teremos momentos ruins e passaremos isso adiante sempre de duas maneiras: uns procuram desabafar outros querem descontar em quem na maioria das vezes não tem nada a ver com suas frustrações.
Muitas vezes somos os culpados por passar situações chatas; confiamos muito facilmente, alguns têm a facilidade de confiar no caráter alheio mesmo sem conhecer o próximo como deveria se entregam em um relacionamento, em uma amizade e quando, enfim, vai conhecer a outra pessoa é que vê quem ela é, seus hábitos, manias costumes, acabam percebendo que não era o que de fato pensava ser.
E assim vamos vivendo e seguindo em frente, de queda em queda e de vitória em vitória,
Mas quem sempre andará de vitória em vitória são aqueles que não se frustrarão com as decepções, uns se curvam diante delas outros as usam como experiências negativas e, com o tempo, fazem com que estas se convertam em grandes aprendizados.


PH SOUZA

0 comentários:

Seguidores

No Facebook

Traduzir Blog

Arquivo do Blog

Compare preços