domingo, 2 de setembro de 2012

Vencido ou vencedor?


A dúvida serve para tirar o foco da pessoa e, sem foco ou meta, não se chega a lugar algum.
O indivíduo pode até ter tudo traçado, bem projetado, tudo como manda o figurino, mas se na hora de executar, de pôr em prática, ocorrer uma pequena incerteza, pronto.
Vai tudo por água abaixo, projetos de anos são desfeitos por uma mera palavra negativa ou até mesmo um simples pensamento que pode gerar desconforto.
Nós, seres humanos, somos dotados de bondade, amor, afeição e muitos outros sentimentos que nos tornam ótimas pessoas: mas por outro lado temos maldades, dúvidas, negatividades, ansiedades sentimentos ruins.
Acredito que todos têm, sem exceção, algum sentimento, desde o mais bonzinho e aquele que nunca faz por onde ajudar a ninguém.
Um exemplo disso é quando somos caluniados. A primeira intenção é de brigar, defender a nossa honra o nosso caráter. E, quando procuramos ajudar e somos prejudicados pelos ajudados?, a ira é muito grande e é difícil de ser escondida.
Há diferença é que uns aprenderam a controlar seus sentimentos de dúvidas, suas incertezas e, claro, suas fraquezas e forças; e os outros são vencidos pelos seus desejos, medos e etc.
E, independente de dúvidas ou certezas, forças ou fraquezas; não podemos nos esquecer de que o vencido sempre será escravo do vencedor.


PH SOUZA

0 comentários:

Seguidores

No Facebook

Traduzir Blog

Arquivo do Blog

Compare preços