quinta-feira, 13 de setembro de 2012

Quem é esse?



Ele sempre se gaba de ser tão popular, se vê como um exemplo a ser seguido, é uma verdadeira estrela, quando chega ilumina o ambiente apenas com sua presença que traz paz. Ele é a pessoa que leva consigo, por onde for, um brilho único, tem seu próprio esplendor, é a sua luz que se expande e clareia tudo que está ao seu redor, ele é o senhor de toda a sabedoria, sua imensa e brilhante intelectualidade é o que motiva a todos para estarem perto de si, a seguir seus passos, suas idéias.
Seus conselhos, cheios de conhecimentos, atraem sempre e sempre mais pessoas em volta de si, querem lhe ouvir falar, passar suas muitas experiências...
 Ele não se intimida falando em público, é seguro de si, sua coragem é admirável como seus inúmeros talentos.
Foi quando ele viu um qualquer que pediu opinião a um outro qualquer e andavam juntos. Não ouviam seus conselhos nem seguiam seus exemplos, eles não lhe seguiam e simplesmente eles não lhe admiravam. Então ele pensava, por que essas pessoas não conseguem observar quem eu sou? Será que esses dois não enxergam a pessoa tão importante que se põe diante deles? E eles não dão valor a mim, são pobres coitados, pessoas que parecem mais criaturas ridículas e insignificantes, que não merecem que eu olhe para seus rostos sem vida e sem cor, ficam pedindo conselhos e opiniões, precisam de outros para lhes ajudar,
Não sabem ser dependentes apenas de si mesmos, precisam de terceiros para estarem sempre ao seu lado.
Os tolos estão sempre seguros e cheios de si, enquanto os prudentes são simples preferem dizer que não sabem, que têm dúvidas e pedir ajuda.



PH SOUZA

0 comentários:

Seguidores

No Facebook

Traduzir Blog

Arquivo do Blog

Compare preços