quinta-feira, 20 de setembro de 2012

O mal não se paga com o mal



No mundo desprezível no qual vivemos é uma pena não se ter o privilégio de ficar isolado de algumas pessoas; até queremos manter distância, mas nem sempre é possível.
São pessoas mentirosas, falsas, enganadoras, que só pensam em si mesmas e querem que todo o resto do mundo se acabe, que todos se destruam, a paz, a amizade, o afeto, não estão nem aí se tudo isso deixar de existir: pessoas assim querem apenas conquistar seus objetivos e nada mais.
Mesmo até porque são pessoas sem índole e sem caráter, estão por toda parte: no trabalho, na escola, na praça, cinema em todo lugar se encontra pessoas sem escrúpulos, que em alguns casos fingem se preocupar com quem está em volta de si. E há aqueles que nem esse tipo de esforço faz.
O melhor seria que caísse um raio na cabeça de cada um deles, ficaria livre desses,
sacripantas, infelizes e miseráveis.
Mais ai só teria um detalhe: se fizéssemos isso ou se só apenas o desejarmos, nos tornaríamos tão vis quanto eles. Então, o melhor, realmente, é pagar o mal com o bem, é desejar a felicidade de quem deseja nosso mal.
Até porque somos diferentes e melhores quando pagamos o mal com e bem. E não podemos deixar cair em esquecimento que:
“A vingança nos faz igual ao inimigo, mas o perdão nos faz superior a ele”.


PH SOUZA

0 comentários:

Seguidores

No Facebook

Traduzir Blog

Arquivo do Blog

Compare preços