quinta-feira, 30 de agosto de 2012

O bote da serpente



A serpente tem uma qualidade que muitos animais não têm, que muitos seres humanos também não e nem sabem o que é a “prudência”. A cobra sabe esperar com paciência o momento certo do ataque, não se precipita e, com muita cautela, ela espera que a presa esteja no lugar que deseja e quando isso não acontece fica rodeando a mesma, procurando uma posição que facilite seu golpe. Dificilmente a presa consegue observar a presença da cobra mas, sua prudência, lhe dá sensibilidade de rodear várias vezes sem ser vista, preocupando-se somente com seu posicionamento.
A chance de errar seu bote é mínima porque a prudência traz consigo outras qualidades que,  juntas, levam aos que as possuem a quase perfeição, e quanto mais perto da perfeição mais acertos são acumulados ao longo do tempo.
Cada ato, cada passo, todas as investidas têm que ser com prudência, minimamente calculadas pois, ao longo da vida, temos poucas grandes oportunidades e essas não podem ser desperdiçadas.
Não sabemos quando teremos uma grande chance e menos ainda se haverá outra semelhante. Por isso, nunca podemos nos dar o luxo de deixar a chance passar sem ser aproveitada.



PH SOUZA

0 comentários:

Seguidores

No Facebook

Traduzir Blog

Arquivo do Blog

Compare preços